sábado, 11 de abril de 2015

Mercedes-Benz faz inspeção de chassis nas encarroçadoras

Equipes fazem testes e acompanham montagem dos ônibus antes da entrega
REDAÇÃO AB

Profissionais da Mercedes-Benz testam funções de ônibus durante processo de inspeção após montagem
100% dos ônibus com chassis Mercedes-Benzsão inspecionados pela equipe da montadora dentro das fábricas dos encarroçadores por meio do processo de PDI, Inspeção pré-entrega, na sigla em inglês, que a montadora adotou em 2005. Atualmente, equipes da área de qualidade da empresa ficam baseadas nas unidades da Marcopolo, em Xerém e Duque de Caxias (RJ), Caio e Irizar, em Botucatu, e Comil em Lorena, ambas em São Paulo, na Mascarello, em Cascavel (PR), em Caxias do Sul, nas unidades da Marcopolo, Volare e Neobus, além da unidade da Comil em Erechim, ambas no Rio Grande do Sul.
“Nosso PDI é um grande diferencial da marca no mercado brasileiro. Trata-se de uma verificação da interface de montagem da carroçaria no chassi. Somos os únicos fabricantes do setor a realizar uma inspeção desse porte em 100% dos chassis de ônibus nos encarroçadores parceiros. Isso nos dá as condições para assegurar a qualidade que é um atributo historicamente associado à estrela de três pontas em todo o mundo”, diz Ricardo Silva, diretor geral de ônibus da Mercedes-Benz para a América Latina.
As equipes realizam a inspeção visual e funcional dos ônibus e acompanham todo o processo de montagem da carroceria sobre o chassi, para assegurar o padrão de qualidade do veículo. As vistorias e testes são feitos em boxes exclusivos, para análise do chassi desde a sua chegada à encarroçadora, além do acompanhamento em todos os processos de montagem: instalação das estruturas laterais, frontal, traseira e teto, chicotes elétricos, chapas, pintura e acabamento. Uma vez pronto, são verificados e testados os sistemas de freio, direção, elétrico e pneumático. No total, cerca de 80 itens são inspecionados antes da liberação do veículos pelos profissionais da Merecedes-Benz.
Em caso de algum dano em componentes de fábrica durante a preparação ou mesmo transporte do chassi desde a Mercedes-Benz até a fábrica da encarroçadora, as equipes de PDI verificam a origem do problema: se for de responsabilidade da fábrica, é realizado um trabalho de reparo em parceria com as áreas de pós-venda ou engenharia da marca, ou em caso de responsabilidade do encarroçador, a Mercedes-Benz envia um relatório para que as medidas de correção sejam tomadas. 
“Nossos concessionários continuam sendo parceiros muito importantes no processo, porque os reparos são executados com a sua mão de obra e fornecimento de componentes. Consequentemente, contribuimos para a segurança do veículo, dos passageiros, do motorista e do trânsito nas vias”, explica Jorge Vassilas, gerente da área de qualidade da Mercedes-Benz do Brasil. 
O PDI conta ainda com auditorias no processo de encarroçamento por parte dos engenheiros da área de qualidade da Mercedes-Benz, desde a chegada do chassi na empresa até a saída do veículo para o cliente após o PDI. 
“Além disso, temos obtido também uma melhora significativa na sinergia com os encarroçadores”, acrescenta Vassilas.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...